Pesquisar este blog

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Gunter Grass...

“... um vento suave acariciava o fogo de folhas secas, os postes telegráficos erigiam-se em silêncio, a chaminé da fábrica se mantinha firme...” (extraído do livro “O Tambor” de Gunter Grass - página 15)