Pesquisar este blog

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Brisas...

brisas encerram a tarde
borboletas do meu segredo
se voam comigo, descanso
se pousam, flerto com a dor
não te busco, nem te chamo
anoiteço!