Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Um grito...

Um grito surdo
cala a noite

Cortinas se fecham
nos escuros

Há um vazio
vestindo o tempo

É tarde demais
para dobrar a página