Pesquisar este blog

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Rastros!

Na distância o olhar apagou-se; na pele o sabor ainda respira!