Pesquisar este blog

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Abstração

Absorto no teu silêncio
encarcerado em ausências
absolvo o teu vazio.

Ydeo Oga