Pesquisar este blog

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Há um ônus no pêndulo...

Há um ônus no pêndulo das horas sacrificando os dias que jazem no covil das sementes podres.

Ydeo Oga