Pesquisar este blog

terça-feira, 4 de março de 2014

Ainda te amo...

Ainda te amo em qualquer tarde morena e a brisa como testemunha passeia em tua pele nua que devora meu coração faminto!

Ydeo Oga