Pesquisar este blog

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

O espinho ainda arde...

O espinho ainda arde nas pétalas fincadas nos troncos nus e há um silêncio absurdo preenchendo vazios da espera que tarda e ainda fere a cicatriz.

Ydeo Oga