Pesquisar este blog

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Habita em mim...

Habita em mim
Teu sabor moreno
Escorre macio...

Noite nua breve
Na tua pele pequena
“Dezembro-me”