Pesquisar este blog

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Há um silêncio surdo...

Há um silêncio surdo
Sôfrego
A tropeçar saudades

Forja o cálice amargo
E destila solidão

O tapete sangra
Caminhos nus...