Pesquisar este blog

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Ah, meu amor...

Ah, meu amor... Ah, meu amor... Deixe nublar e deixe chover, pois é o tempo temperando temperanças do amor. No teu perfume quero tatuar beijos e carícias, bebendo o teu sorriso. Na tua cor morena copiar teus traços lentamente e pousar em teus lábios o nosso sabor!