Pesquisar este blog

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Entardece...

Entardece
e a pele ainda respira o viço
dos vinte anos
Ao som do violino
a paisagem acorda
e o perfume ainda existe
A música veste
todos os silêncios!