Pesquisar este blog

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Há...

Há uma lágrima
Perdida
Dentro da caixa
Que pulsa

Mergulhos vazios
E a face trai

Nada a fazer
Engolir a dor

Decantar a alma
Dentro das asas
Solidão de um voo