Pesquisar este blog

sábado, 8 de outubro de 2011

Na tua plenitude...

Na tua plenitude o meu todo se fez silente, e o brilho do momento sopra suavemente. Há leveza nos olhares e quereres infinitos. Somos unos. Sou teu.