Pesquisar este blog

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Choveu!

Choveu!
Tuas lágrimas banharam
A face da terra
Embriaga vidas agradecidas
Bebendo o canto da alegria
Germinam sementes vivas
Folhas seres crescem
Brotam flores em perfumes
Frutos saciam mundos