Pesquisar este blog

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Sem asas...

Sem asas, num voo rasante; pouso no esquecimento!