Pesquisar este blog

domingo, 19 de junho de 2011

No cálice...

No cálice apenas o sabor amargo da tua indiferença que insiste em embriagar os meus dias.