Pesquisar este blog

sábado, 16 de abril de 2011

Sangram palavras...

Sangram palavras nuas em páginas brancas ecoando na surdez do silêncio.