Pesquisar este blog

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

"Gabriel García Márquez"

“Alguma coisa aconteceu então no seu íntimo; alguma coisa misteriosa e definitiva que o desprendeu do tempo atual e o levou à deriva por uma inexplorada região de lembranças”. (Cem Anos de Solidão, Gabriel García Márquez, página 19)