Pesquisar este blog

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Flerto tua pele delicada...

Flerto tua pele delicada
Vestida de alfazema

Teu sorriso 
Desenha-te dentro do meu olhar

A tarde envaidece...
Respiro-te (e)ternamente!