Pesquisar este blog

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Asas tardias...

Asas tardias
(A)penas aflitas
Ferem o tempo
Face a face

Outubros desfolham
Canteiros frios
Degelam pousos nus

Seara de lágrimas...