Pesquisar este blog

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Sombras da dor...

Sombras da dor
Revelam sobras...

Ausências de corpos
Sangram as cicatrizes
Jaz o sabor amargo

Tateando sem rumo
Arde o dia que tarda
Esvazia-se!