Pesquisar este blog

sábado, 8 de setembro de 2012

A manhã devaneia...

A manhã devaneia
E Jorge acorda

No silêncio 
As palavras gritam a ausência
E Borges descansa

Lu(i)z do farol
Dos mares argentinos 

Ydeo Oga para Jorge Luis Borges, que acorda nesta manhã em Vozes Poéticas...