Pesquisar este blog

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

É perene o teu amor...

É perene o teu amor
Que cobre minhas noites
Com tuas sedas

Perco-me 
Em tuas pétalas vermelhas
Que passeiam
Languidamente
Em meus noturnos