Pesquisar este blog

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Diante..

Diante das impossibilidades quero ser tua lágrima a inundar o teu olhar vazio! Assim posso fazer-te úmida nas noites em silêncio; sobrevivendo a longa tempestade da tua ausência...