Pesquisar este blog

sábado, 3 de março de 2012

Náufrago...

náufrago
sem o teu olhar

tateando escuros
bebo a noite
sem ancoras

apenas um mergulho
no corpo vazio!