Pesquisar este blog

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

O tempo...


o tempo evola

silência o âmago


apenas a distância

a percorrer olhares


estradas e lugares

onde descansam asas...


voo do esquecimento!